Psicologia no contexto da gestão de riscos, emergências e desastres

Psicologia no contexto da gestão de riscos, emergências e desastres

As intensas chuvas que atingem o estado de Pernambuco nas últimas semanas tem provocado grandes impactos, convocando a sociedade a se mobilizar em tornondas famílias desassistidas. Diante de um cenário tão desafiador, os riscos de novas chuvas ainda são iminentes, o que pode ocasionar um número expressivo de vítimas.

A Psicologia, diante de situações de calamidades públicas e de desastres cada vez mais recorrente no Brasil, vem consolidando espaço nas políticas públicas sobre o tema. Nesse sentido, o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Psicologia reforçam seu papel de orientar e promover estratégias de atuação que garantam acolhimento e dignidade às pessoas afetadas por riscos e desastres, bem como orientam a categoria com protocolos de atuação nesses casos.

Nesse sentido, orientamos a leitura e apropriação do documento Referências Técnicas para Atuação de Psicólogas (os) na Gestão Integral de Riscos, Emergências e Desastres, lançado pelo CREPOP em 2021 como ferramenta de orientação técnica e ética para a categoria profissional. O acesso está no site cfp.org.br.

Wanessa Felix
wanessa@skycomunicacao.jor.br
No Comments

Post A Comment